top of page
  • Foto do escritorVanessa Zulle

5 dicas para a gestão de seu negócio de peças automotivas

Atualizado: 16 de fev. de 2023

Se o seu foco é manter a saúde do seu negócio, o gerenciamento é essencial. Não importa se você é micro empreendedor ou se já está crescendo, para se manter no mercado de peças automotivas, você precisa diariamente ter um olhar de gestor para cada parte da sua empresa.



Não importa o tamanho do seu negócio automotivo. Você pode, por exemplo, ter uma oficina, uma autopeças ou um autocenter, para que você possa realizar o sonho de crescer, você precisa administrar bem sua empresa e dar atenção para pontos essenciais. Por isso, preparamos 5 dicas simples para você aplicar em seu negócio a partir de hoje.


1. Mantenha sua oficina organizada e com o estoque em dia


Você e sua equipe precisam manter o ambiente de trabalho organizado. Por isso, crie uma rotina para a realização e manutenção da organização de seu negócio. Todos devem ter um olhar voltado para isso.


E, um dos pontos mais importantes nessa organização é seu estoque de produtos. Além de agilidade, você oferecerá aos seus clientes um atendimento de melhor qualidade quando seu estoque estiver em dia.


A organização vai possibilitar que você não tenha transtornos com excesso ou falta de mercadorias. Imagina você contar com uma peça que “acha” que tem em casa para o automóvel que está no elevador e descobrir na hora de realizar a manutenção que não tem mais aquele item em estoque? Além de ter que correr para comprar a peça e negociar uma entrega com urgência – o que pode ficar mais caro para você -, pode ser que seu cliente, que está contando com o seu veículo para aquele dia, tenha que esperar até o dia seguinte. Ou seja, maior custo no reparo e insatisfação do cliente.


Então, lembre-se: organizar-se é fundamental.


2. Cuide da saúde das finanças


Você precisar olhar com cautela e rotineiramente para os gastos do seu negócio. Só assim você poderá agir e reduzir custos, além de poder pensar nas projeções do negócio.


Para que você consiga acompanhar como os números se comportam e monitorar os gastos, o ideal é ter o controle financeiro da sua empresa em planilhas, se possível, em Excel ou alguma ferramenta similar.


A entrada e saída de dinheiro diárias e os gastos do mês são o mínimo que você precisa planilhar e controlar. Assim que você poderá ver se tem gastos além do esperado – ou além do necessário -, além de planejar os meses seguintes.


Você precisa ter controle dos custos fixos do seu negócio: aluguel, água, luz, salário dos colaboradores, entre outros. É através disso que você poderá entender quanto precisa cobrar pelos serviços que sua empresa oferece e projetar o número de atendimentos que vocês precisam fazer para garantir tanto o pagamento das contas quanto gerar lucro.


E atenção! Tome cuidado com gastos extras dentro do mês, eles podem prejudicar seu caixa e levar o lucro embora.


3. Treine seu time nos temas técnicos e de relacionamento



Se seu time estiver treinado para realizar um trabalho bem feito e se relacionar bem com seus clientes, você poderá garantir uma melhor qualidade nos serviços entregues ao seu cliente, de ponta a ponta.


Treine sobre novas ferramentas, treine sobre produtos e serviços, treine sobre os procedimentos, treine sobre como atender seus clientes, treine sobre tudo que você espera que seu time saiba fazer com excelência.


Todos os colaboradores precisam estar alinhados, tanto sobre a cultura do seu negócio, quanto os procedimentos ideais. Só assim você conseguirá crescer de forma saudável. E, para que isso aconteça, treinamento é fundamental.


4. Cuide do seu patrimônio



Um dos principais itens do patrimônio de sua empresa são suas ferramentas de trabalho. Por isso, cuidar para aumentar a vida útil dessas ferramentas é bem importante.


Lembre-se que todo seu time precisa pensar como você: as ferramentas são material essencial para realização do trabalho de todos. E, além de cuidar, é necessário realizar manutenção periódica, manter tudo limpo, guardar em um lugar adequado.


Quanto mais tempo você puder esperar para investir em novas ferramentas, se cuidou bem delas, menores serão os gastos do seu negócio e o lucro será maior.


5. Trabalhe com fornecedores que você confia



Fornecedores de confiança são essenciais para o crescimento do seu negócio automotivo. Até porque você precisa entregar os carros de seus clientes com um serviço bem prestado, somado a peças de qualidade. E isso só vai acontecer se seus fornecedores forem realmente bons e confiáveis.


Além de peças que garantam que seu serviço seja de qualidade, mantenha contato para garantir também melhores preços, uma boa negociação e condições de pagamento que sejam adequadas para a realidade da sua empresa.


E, claro, que seus fornecedores ofereçam um prazo de entrega ágil e prestem um bom atendimento a você.


Inclusive, nós, da Autopeças OK, esperamos que você se sinta tranquilo por ser nosso cliente.

Conclusão


Ter um negócio saudável dá trabalho mesmo. Por isso, preparamos estas 5 dicas de gestão para você. É importante que você se planeje para colocar essas dicas em prática e possa colher resultados diários no seu negócio.

25 visualizações0 comentário
bottom of page